Assistência Técnica para o Controlo e Supervisão de: Adequação da ventilação do túnel TSA à normativa no Aeroporto de Madrid-Barajas.

Os trabalhos de Adequação da ventilação do túnel TSA abrangeram a ventilação completa de todas as galerias do túnel, tanto SATE como APM e as vias de trafego rodoviário.

Durante a obra instalaram-se 26 ventiladores de jacto tipo jet no tecto do túnel, com potências que variam desde 30 até 75 kW, com caudais desde 30 a 66 m3/s e com pesos que oscilam entre 0,9 e 1,7 Toneladas.

Executaram-se ainda 2 poços de extração massiva para a colocação de 4 ventiladores axiais de 355 kW de potência e 2,2 metros de diâmetro de turbina, cada um. Estes ventiladores alcançam um caudal unitário de extração até 140 m3/s com um peso total de 9 Toneladas.

Os trabalhos foram desenvolvidos mantendo sempre operativo o TSA; O túnel foi apenas completamente encerrado para a instalação dos ventiladores axiais por um período de 4 horas em horário nocturno.

Finalmente, realizou-se um simulacro de incêndio através do qual se concluiu que a ventilação do túnel cumpre os requisitos exigidos pela legislação vigente em túneis e oferece um elevado nível de segurança na sua operação diária e em caso de incêndio.

Cliente

AENA

Datas do Projeto

2010 – 2011

Valores chave

Valor do contrato:
175.912,55 €