Reabilitação do Caminho de ferro Cochabamba– Arani. Estudo de Identificação e Estudo Técnico Económico Social e Ambiental. (TESA). Comprimento do troço: 64,5 km.

O projecto consistiu no desenvolvimento do Estudo de Identificação e do Estudo Técnico, Económico, Social e Ambiental (TESA) da Reabilitação do Caminho de ferro desde a Cidade de Cochabamba até à povoação de Arani, dado que a actual ferrovia Cochabamba – Arani, apresenta uma topografia ondulada desde Cochabamba até Caluyo e plana nas outras secções, com encostas suaves e traços geométricos rectilíneos largos e moderadamente desenhados com uma largura de plataforma entre 3 a 5 metros em geral, a plataforma da ferrovia consiste de lastro obtido em várias pedreiras ao longo do caminho atual; os seus trilhos são de bitola métrica, com um peso inferior a 60 Lbs/Jarda.

Cliente

Gobierno Autónomo del Departamento de Cochabamba

Datas do Projeto

2011 – 2014

Parceiros

CONIN

Valores chave

Valor do Contrato:
268.020 USD