A Synergia realizou estudo de viabilidade social e fundiária para implantação de um ramal ferroviário da mineradora Manabi S.A., situado entre os municípios de Colatina e Linhares, no estado do Espírito Santo.

Ao longo do segundo semestre de 2014 e primeiros meses de 2015, a Synergia realizou serviço de cadastro físico, fundiário e socioeconômico, bem como serviços de topografia para avaliação na área do Ramal Ferroviário Colatina – Linhares.

Trata-se de um estudo de viabilidade fundiária e social para a implantação do referido ramal, cuja extensão atingirá 80km.

Por meio dos estudos foram identificadas 93 imóveis que foram visitadas pela equipe da Synergia a fim de apresentar o projeto a seus proprietários, além de solicitar autorização para realização dos serviços de cadastramento socioeconômico (proprietários, meeiros, posseiros e não proprietários residentes), cadastramento fundiário (documentos cartoriais como escrituras e certidões), cadastramento físico (levantamento e descrição de benfeitorias reprodutivas e não reprodutivas), topografia (mapas planimétricos) e laudo de avaliação dos imóveis.

Cliente

Manabi S.A.

Datas do Projeto

2014 – 2015

Parceiros

Contrato valor :

753 770,13 €