A Generalitat Valenciana prevê que no ano de 2020 o transporte ferroviário de mercadorias no seu território se situe na média europeia em redor 17% do total do transporte de mercadorias. Por isso, neste trabalho analisa-se a situação actual e propõem-se medidas para acolher o aumento de tráfego.

O objecto do trabalho é determinar as acções necessárias para assegurar que no ano de 2020 a rede ferroviária da Comunidade de Valencia seja capaz de acolher o tráfego previsto, com o objectivo de que a quota do transporte ferroviário de mercadorias seja semelhante à média europeia, que é de 17%.

Para isso, analisou-se em primeiro lugar a situação actual, estudando tantos as infraestruturas existentes como a procura. Depois, realizou-se um prognóstico para determinar o número de circulações previstas no ano do horizonte de trabalho. O passo seguinte foi a análise da capacidade da rede, com o fim de poder realizar um diagnóstico, determinando os pontos fracos da mesma, e levar a cabo uma proposta de acção, focalizada em quatro programas de acção (Novas linhas previstas, novos terminais, acesso a portos e acessos particulares).

Finalmente, realizou-se uma análise do quadro normativo e dos modelos de gestão potenciais referidos, com o fim de identificar os possíveis modelos de actuação que satisfaçam os requisitos da legislação existente.

Cliente

Generalitat Valenciana

Datas do Projeto

2009

Valores chave

Valor do contrato : 28.880 € (16% IVA incluído)