Os estudos encomendados pela empresa GlaxosmithKline tinham como objectivo seleccionar o empreiteiro que realisaria o « design and built » da estação.

  • A estação de tratamento devia preencher as seguintes funções:
  • Neutralização dos efluentes por injecção de CO2.
  • Regularização do fluxo para estar conforme as normas da licença de descarga
  • Controlo da problemática de produção H2S por águas industriais.
  • Controlo da quantidade de fósforo total libertado para estar conforme as normas da licença de descarga.
  • A estação de neutralização é projectada para tratar um fluxo de pico máximo de 400 m³/h.

Os estudos realizados pela TPF-Utilities incidiram sobre :

  • A elaboração do caderno de especificações da estação de neutralização dos efluentes industriais do local de produção da GSK Wavre (cláusulas gerais e particulares, esquema de princípio) ;
  • Análise das propostas dos proponentes ;
  • Realização de um estudo de integração paisagístico do edifício e das bacias.

Cliente

GlaxoSmithKline

Datas do Projeto

2011 – 2012