A biblioteca nacional do Reino de Marrocos é uma instituição pública e cultural nacional que permite, através de meios de difusão dinâmicos e modernas tecnologias, de acolher um público amplo e animar toda a rede marroquina de documentário. Seu papel é também para conservar e restaurar o património documental.

Projectado pelo arquiteto Rachid El Andaloussi e Abdelouahed Mountassir, o edifício é composto por três volumes de forma cubica e uma impressionante torre. Este edifício imponente, não apenas encarna o desenvolvimento cultural da cidade de Rabat, como é também um novo pólo de desenvolvimento urbano.

Realizada no eixo do jardim de Essais, esta nova biblioteca de 18250 m² abriga mais de 340000 livros e 60000 manuscritos e tem dois níveis. O layout do jardim do Belvedere com vista para o edifício cria uma sensação de fusão do lugar com a decoração. Este novo edifício está equipado com equipamentos de tecnologia moderna que permite uma melhor exploração de informação e conhecimento. Além de galeria de exposições, espaços de reunião, sua animação e sala de formação, auditório de 300 lugares e seu refeitório, a biblioteca oferece grandes espaços para muitos livros, manuscritos e periódicos. A Biblioteca reflecte sua luz pelos pátios que pontuam os espaços interiores. Para a salvaguarda do património nacional e tesouro do país, arquitectos planearam construir uma torre com uma altura de 35 metros, além de um dossel de 9 metros de altura. Seus 11 andares abrigam livros raros em estantes móveis. Este espaço está equipado com uma série de tecnologias avançadas: ar condicionado especial, sistema de desumidificação, detecção de incêndios.

Cliente

Ministério da Cultura

Datas do Projeto

2008

Parceiros

Arquitectos: : Andaloussi / Mountassir

Valores chave

Valor da Obra: 26 M€