A Estação Intermodal reúne os diferentes modos de transporte com paragem na Plaza de Castilla. O objecto do projecto é minimizar o tempo de acesso dos autocarros à estação e os tempos de ligação entre os modos de transporte, tendo como resultado a redução do tempo total de viagem da cadeia de transportes modais.

A nova Estação Intermodal de Plaza Castilla está situada no norte da cidade de Madrid.

Os diferentes modos de transporte envolvidos na estação intermodal são: os autocarros interurbanos que acedem à cidade pelas estradas no norte da região, os autocarros urbanos que param na área circundante da praça, as três linhas de Metro L -1, L -9 e L -10, que têm paragens junto da praça e também os táxis e veículos privados.

A Estação Intermodal tem quatro níveis, três dos quais subterrâneos

Existem 40 área de estacionamento para autocarros interurbanos e outras para os autocarros urbanos. A nova Estação intermodal integra as linhas 1, 9 e 10 do Metro de Madrid e tem um parque de estacionamento automóvel subterrâneo com 400 lugares.

Foram dispostas áreas comerciais para contribuir para o financiamento da construção e operação da Estação intermodal.

Ela tem túneis de acesso exclusivo para os autocarros interurbanos em dois níveis, com comprimento superior a 1 km, que reduzem o tempo de acesso à Estação intermodal, evitando as áreas principais de congestão do trânsito.

Também tem uma área de estacionamento para os autocarros vazios e um complexo sistema de rampas que permitem comunicações diferentes com os diferentes níveis e acessos e saídas alternativas para os túneis principais.

O projecto inclui o desenho final de todos os elementos, infraestrutura, arquitectura, todos os tipos de sistemas e instalações, mobiliário, etc.

Cliente

Autoridade Regional de Transportes de Madrid

Datas do Projeto

2005

Valores chave

  • Valor do projecto : 413.793,10 €
  • Valor do construção : 134 milhões de euros