O objectivo deste projecto é a construção do edifício para a instalação industrial de resíduos integrados de Floreffe incluindo as vias de acesso e estradas e edifício administrativo.

A parte industrial inclui a construção de um corredor industrial para a preparação de plaquetes de combustível a partir de resíduos de madeira, a construção de salas de armazenamento para matérias-primas e esmagado, uma sala de transbordo para a transferência de resíduos (área total de 11500 m2) e placas de armazenamento e de vias interiores. Também estão incluídos os veículos do BEP relacionados com a infra-estrutura, ou seja, balanças, lavagem de carro, posto de gasolina, estacionamento, parque de estacionamento e um edifício garagem-oficina para a manutenção de veículos.

O acesso ao local inclui a realização de uma rampa na margem direita da RN90, uma ponte sobre o Sambre (20 + 50m) e de uma rotunda na margem esquerda. Vigas de betão pré-eforçado foram transportados por via fluvial e montadas usando uma grua de 450T.

Os estudos do edifício de administração (3.000 m2 em 3 andares) foram objecto de uma preocupação ambiental na implantação, bem como a escolha de materiais e equipamento. As técnicas escolhidas em isolamento (K20) e de aquecimento de ventilação permitem a construção de baixo consumo de energia.

Cliente

BEP ENVIRONNEMENT Namur

Datas do Projeto

Date de Construção : 2008-2010

Parceiros

Parceria :

T.P.F. – Basse Sambre

Subcontratados :

Arquitecto Willy SEMPELS (Arquitectura Industrial)

AURAL (Arquitectura Edificio)

GEI (Técnicas Especiais Edificio)

Gabinete de Controlo : SECO

Valores chave

Valor dos Trabalhos: 22 500 000 €