O Aproveitamento Hidroeléctrico de Foz Tua (AHFT) é um dos empreendimentos prioritários do Programa Nacional de Barragens com Elevado Potencial Hidroeléctrico (PNBEPH) promovido pelo Governo Português.

O projecto do AHFT localiza-se na parte terminal do rio Tua e incluirá a barragem, o circuito hidráulico, a central, a subestação, o posto de corte e a albufeira.

O AHFT será equipado com dois grupos reversíveis, o que lhe permitirá bombar água da albufeira da Régua para a albufeira do Tua, potenciando deste modo a valia hidroeléctrica.

Principais características do Aproveitamento Hidroeléctrico.

  • Nível de Pleno Armazenamento (NPA): 170
  • Nível Máximo de Cheia: 171
  • Altura Máxima da Barragem: 107 m
  • Extensão da albufeira: 27 km
  • Volume total da albufeira: 106 hm3
  • Potência: 255 MW
  • Produção líquida anual: 275 GWh
  • Cota de expropriação: 171
  • Área total inundada: 420 ha

O âmbito da intervenção inclui as seguintes Monitorizações Ambientais, desde a fase prévia à construção, fase de construção e fase de enchimento da albufeira: Monitorização dos Sistemas Hidrominerais; Monitorização do Ruído; Monitorização do Ordenamento do Território e do Uso do Solo; Monitorização no Âmbito do Programa Nacional de Barragens com Elevado Potencial Hidroeléctrico (PNBEPH); Monitorização do Clima; Monitorização da Qualidade do Ar; Monitorização da Sócio Economia.

Cliente

EDP – Gestão da Produção de Energia, S.A.

Datas do Projeto

2011 – 2016