Plano Director de defesa contra as cheias na comarca de Marina Alta (Alicante).

O Plano Director contra inundações recolhe e amplia as informações necessárias para abordar de forma global a problemática das inundações no distrito da Marina Alta e determinar uma série de acções de natureza estrutural, complementadas pelas de tipo não-estrutural, a fim de prever o resultado derivado os riscos potenciais antes de inundações e atenuar os seus efeitos reduzindo os danos associados e o seu impacto sobre a população.

A directiva do Parlamento Europeu e do Conselho relativa á avaliação e gestão dos riscos de inundação, DIRECTIVA 2007/60/CE, de 23 de Outubro de 2007, e o Decreto Real 903/2010, de 9 de Julho, transposição da anterior Directiva ao ordenamento jurídico espanhol, ambas relativas à avaliação e gestão de riscos de inundação constituem o marco legal do presente Plano Director

A enumeração dos trabalhos desenvolvidos é:

  • Recompilação de dados básicos em todas as administrações implicadas
  • Trabalhos de campo em levantamentos taquimétricos
  • Estudo geomorfológico
  • Inventário de pontos e áreas com problemas de inundação.
  • Estudo e documentação ambiental. Tramitação da Avaliação Ambiental Estratégica: elaboração de relatório de Sustentabilidade Ambiental.
  • Recompilação de dados urbanísticos.
  • Estudo pluviométrico. Como novidade indicar que se utilizou a geração de lagoas de tempestade sintéticas representativas das precipitações na Comarca de Marina Alta, através do programa RAINGEN da Universidade Politécnica de Valência, que foram calibradas com eventos reais facilitados pelo SAIH da Confederación Hidrográfica del Júcar.
  • Estudo hidrológico.
  • Estudo hidráulico.
  • Estudo de vulnerabilidade. Definição de zonas inundáveis e danos.
  • Estudo de Soluções.

Cliente

Dirección General del Agua – Ministerio de Medio Ambiente – Confederación Hidrográfica del Júcar

Datas do Projeto

2009 – 2012

Parceiros

INYPSA (50%)

Valores chave

Valor do contrato:
1.186.105,80 €