O porto de Constanta está em constante evolução para otimizar a sua capacidade de adaptação a novos mercados, melhorando a sua infraestrutura existente. O cais para barcos de tonelagem ligeira é um exemplo de uma melhor utilização da infra-estrutura existente.

O Cais para barcos de tonelagem ligeira no Porto de Constanta foi construído em 1976 para descargas de pedras de pedreira utilizadas na extensão do molhe ao Norte. Posteriormente, o cais de acostagem recebeu uma laje de betão para os elementos pré-fabricados necessários à construção da estrutura do coroamento do molhe. Desde1990 que o cais de acostagem não é utilizado e a Administração do Porto decidiu dar-lhe um objectivo comercial adicionando um muro de cais ao qual acrescentará um terreno de 36.000 m² como terminal cerealífero. O espaço actual não era suficientemente seguro para os navios cerealíferos até 65.000 ton e 204 m de comprimento, e considerou-se, portanto, uma nova extensão.

O projeto de expansão inclui a adição de um muro do cais com 170 m de comprimento: 85 m de extensão do cais para o sul do molhe existente e 85 m perpendiculares à parede do cais. Os trabalhos começaram em Abril de 2013 e a conclusão prevista para o fim do ano de 2014.

Cliente

Empresa nacional « Administração dos Portos Marítimos » Constanta

Datas do Projeto

2013 – 2014

Parceiros

MH Poly Consultants & Engineers

Valores chave

Montante do contrato : 388.395 lei (cerca de 64.000 euros dos quais 57.600,00 euros de contribuição da TPF CPROJECT enquanto líder da Associação)