A nova cidade ocupa uma área de 200 ha e estima-se uma ocupação de 60.000 habitantes (Fase 1).

Do ponto de vista urbano, a cidade desenvolve-se de acordo com uma malha reticulada que define quarteirões. Destaca-se a existência de um rio que atravessa toda a cidade no sentido sudeste/noroeste e um eixo verde no sentido nordeste/sudoeste. A zona central é essencialmente ocupada por áreas de comércio e serviços, jardins públicos e o hospital.Serão construídos jardins-de-infância, escolas primárias, escolas secundárias, centros de apoio e incentivo para crianças, hospital, mercado, supermercado, terminal de transportes públicos, áreas comerciais, de serviços e de lazer. Relativamente à área residencial estão previstos 10.002 fogos distribuídos por edifícios de alta, média e baixa densidade, com 5, 9 e 11 pisos.

Cliente

GRN/SONIP

Datas do Projeto

2008