Serviços de supervisão dos trabalhos de construção da Linha 9 do Metro de Barcelona.

A Linha 9 do Metro de Barcelona desenvolve-se praticamente na sua totalidade em túnel, com um comprimento de mais de 40 km. Com tecnologia de ponta no sector e uma heterogeneidade geológica ao longo de todo o traçado, a L9 é um grande desafio para todas as empresas de engenharia envolvidas.

Os túneis foram escavados utilizando tuneladoras TBM e EPB em função das condições das rochas e do solo. O subsolo de Barcelona é formado basicamente por aluviões, de granito com diferentes graus de alteração, areias, cascalhos e argilas. Assim, dois tipos diferentes de túnel foram projetados. O primeiro corresponde a um túnel bitubo, com um diâmetro menor e o segundo, um túnel de dupla via monotubo com um tubo de grande diâmetro e estações integradas.

O comprimento escavado com o túnel bitubo é de 14 km (de 8,32 m de diâmetro interior), enquanto que o comprimento do túnel monotubo é de 28,20 km (com um diâmetro interior de 10,90 m). Adicionalmente, a Linha 9 inclui a construção de 52 estações, 20 das quais são interfaces para facilitar a ligação entre outros meios de transporte.

Em conclusão, a L9 desenvolveu métodos inovadores e de ponta dentro da engenharia de túneis. Por um lado projectaram-se e construiram estações integradas no túnel monotubo. Por outro, implementou-se também a utilização de portas de saída dos combóis sincronizadas, aumentando a segurança e eficiência no transporte, e finalmente a construção de poços de grande profundidade que representa uma inovação na engenharia civil.

Cliente

GISA

Datas do Projeto

2001 – em curso

Valores chave

Valor do contrato:
41 936 221,30 €