A TPF Engenharia foi contratada pelo o governo brasileiro, por um prazo de 42 meses, para os serviços de engenharia consultiva na implantação do Ramal do Agreste. O Ramal do Agreste é um sistema adutor com vazão de 8 m³/s que irá atender a uma população de mais de dois milhões de habitantes em 68 cidades do estado de Pernambuco. Parte integrante do Projeto de Transposição do Rio São Francisco, o Ramal é composto por 42 km de canal revestimento em concreto, 16 km de túneis, 3,2 km de aquedutos, dois reservatórios, uma estação de bombeamento e 7 km de adutora, totalizando 71 quilômetros de extensão, com investimento da ordem de 1,3 bilhão de reais.

O contrato já está assinado com o Ministério da Integração e o serviço está previsto para começar no início de 2018. As atividades do consórcio consistem na coordenação, gerenciamento, supervisão e controle das obras, fornecimentos, instalações e montagens, incluindo a análise de projetos, controle topográfico, geotécnico, tecnológico dos concretos e da fabricação e montagem de equipamentos, além do acompanhamento dos planos voltados à mitigação e compensação dos impactos ambientais decorrentes das obras e a execução de cadastro fundiário.